segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Tão Distante e Tão Próximo, Tão Oculto e Tão Claro

O tempo passa, algumas coisas mudam, mas as vezes é necessário voltarmos ao que nos foi ensinado, e diremos assim o devido respeito ao CORPO E SANGUE DE CRISTO, mas para nos adaptarmos, precisamos também nos doutrinar, não tenho visto nas Santas Missas o que o nosso Papa pediu. Claro que serão necessárias algumas mudanças, mas se não começarmos já, mesmo com o devido coração contrito é necessário através de atitudes mostrarmos para o MUNDO e para todas as outras religiões o MERECIDO respeito ao Nosso Senhor Jesus Cristo, até para pessoas que "dizem" católicas. Vamos refletir...

8 comentários:

Jonathan Cruz disse...

OLÁ!!! TÔ PASSANDO PRA DIZER QUE O BLOG ESTÁ CADA DIA MELHOR, COM MAIS CONTEÚDO, MUITO BEM É ISSO AÍ, PARTILHAR SEMPRE NÉ? O MEU POSTEI NOVIDADES DÁ UMA PASSADINHA LÁ!!! http://blogjonathancruz.blogspot.com/
AGUARDO SUA VISITA ABRAÇO

Cláudia de Jesus disse...

Bom dia Marcia!
Já vi que postou nossos selinhos.
Agora estou no trabalho, mas a noite faço o post da sua entrada no Catequistas Unidos, ok?
Aí ficará faltando você postar a lista completa dos blogs que participam e repassar o selinho para outros 5 blogs que ainda não participam.

Paz de Cristo!!!!

Claudia/Catequesenanet

Quero "ser" Comunidade disse...

Olá Márcia, seja bem-vinda! Que possamos crescer juntos na espiritualidade e nas obras, vivendo uma fé cada vez mais autêntica.
Paz e bem! Cátia

Cristiane disse...

OLÁ MÁRCIA, QUE BOM QUE VEIO FAZER PARTE DE NOSSO GRUPO,JÁ ME TORNEI SUA SEGUIDORA. ESTOU ESPERANDO SUA VISITINHA,BEIJUS
http://jardimdafe.blogspot.com

Lucyanna Rodrigues disse...

Boa tarde, Márcia. Bemvinda ao grupo!
Refletindo..corrija-me se eu estiver errada...o Papa disse que seria bom se voltássemos a comungar de joelhos e na boca, certo?
Mas foi uma ordem ou uma orientação???
Comungar na boca não traz grandes transtornos, mas ajoelhar-se, embora seja sinal de respeito e adoração, pode gerar tumulto em algumas celebrações, não? Talvez seja por isso que não veio uma ordem, mas uma ponderação...
Falei besteira?
Abraços, Lucyanna

Rosane Viana disse...

Boa noite Marcia seja bem vinda ao grupo catequistas unidos,que Deus te abençoe.beijos
Rosane
catequesecomamor.blogspot.com

Angela Rocha disse...

Por mais que as tradições de nossa Igreja devam ser respeitadas, penso que vivemos numa outra época. Hoje nas celebrações para que a comunhão fosse recebida de joelhos... onde as pessoas se ajoelhariam? Na frente do padre? em seus próprios lugares? Temos muito menos padres e ministros extraordinários... como eles dariam cotna de tudo isso?
Penso que as verdadeiras reflexões a se fazer , seria buscar as "ovelhas perdidas" que já não dão valor nenhum a comunhão e não "complicar" um gesto que, acredito, é de con trição muito mais interna do que externa.

Paula Torrini disse...

Não temos menos ministros extraordinários. Aliás, este ministério nem existia antes do CVII.
Ao contrário, temos menos fiéis hoje em dia.
Se davam conta naquela época, porque não dariam hoje?
Só procurar ver a forma como isso era feito antigamente que se vê que é perfeitamente possível.
Graças a Deus conheço padres que incentivam.